planos de aula

Aqui você encontra uma seleção de Planos de Aulas para orientar o trabalho em sala. Este é um espaço colaborativo que que visa compartilhar informações entre os educadores de teatro. Participe você também. Compartilhe suas dicas e inspire outros professores!

Quarta, 20 Abril 2016 21:01

Trabalhar a criatividade, as possibilidades que a criança encontra em seu corpo e o sentidos

Escrito por Jarbas Griebeler
Avalie este item
(36 votos)
Sequência com 5 Planos de Aula
Tempo de cada aula: 50 min
Faixa Etária: A partir de 10 anos.
Objetivo: Trabalhar a criatividade, as possibilidades que a criança encontra em seu corpo e o sentidos
 
1a aula: O corpo. Vamos conhecer nosso corpo.
a. Podemos tocar nosso corpo? Tocar em todas as partes de pé (se dobrar a coluna) até onde nossas mãos alcançam, sentados, ajoelhados, deitados. Tocar nos colegas de olhos fechados.
b. O que podemos fazer com nosso corpo? Lâmpada, balaio, relógio, gangorra, cadeira, lápis, TV, tapete, violão, vaso, flores, árvore, telefone, óculos...
c. Ações com o corpo: enrolar-se, esticar-se, pequeno, grande, explodir, contrair, pulsar, ocupar o maior espaço, ocupar o menor espaço, retrair-se, relaxar, escapar, descansar completamente, endurecer-se, amolecer, corpo cansado, o corpo (alegre ou triste) dança, rolar como um barril, sentir-se balançado numa rede, fazer sombras e silhuetas do corpo...
Improvisação: alguns fazem personagens e outros fazem objetos.
 
 2a aula:: A cabeça
a. Número de cabeças presentes.
b. Podemos tocá-la com as mãos? A cabeça toca que partes?
c. É dura, mole? Onde ficam as partes frias e quentes? As partes lisas e rugosas, as partes peludas , as úmidas e as secas.
d. Onde temos cabelo? O que podemos fazer com o cabelo? Olhar o cabelo dos companheiros. De que cor é? É crespo, liso, comprido, curto (organizar filas em grupos por tipo de cabelo: escuros para claros...). Podemos dar nós nos cabelos?
e. Mostrar a cabeça como um objeto ou um animal
f. Cabeça braba, tranqüila, com medo, triste e alegre, sonolenta e agitada, doente e sã, jovem e velha, pequena e grande, esticada e comprimida... Improvisação: mostrar cena só com a cabeça ou cabeças conversando, pode-se usar narrador.
 
3a aula:: As mãos
a. Observar as mãos. Como e de quantas formas podemos dividir as mãos? Com o que os dedos se parecem? Endurecer as mãos, amolecer, as mãos ficam pequenas e grandes.... Uma mão toca a outra, descobrindo os espaços, as partes duras, frias, peludas...
b. Desenhar a mão numa folha de papel, uma mão desenha e a outra.
c. Cada aluno diz o que fazer com as mãos e deve ver as possibilidades que os colegas dão (bichos, ações, coisas), (fazer pontes com as mãos, as mãos gritando, as mãos passeando, cumprimentando-se, brigando...).
c. Criar uma cena onde só apareçam as mãos (pode-se usar um pano abaixo para fazer o “palco”).
 
4a aula: Os órgãos dos sentidos a. Visão: o que podemos fazer com os olhos? Abrir, fechar, tapar, arregalar, olhar para um lado e outro, piscar, aplaudir com os olhos... Com quantos dedos tapamos um olho?
 
Exercício: olhar as cores, colocar o dedo em uma cor. Exercício: um aluno tira fotos com os olhos enquanto os outros fazem poses.]
 
b. Paladar: Como é nossa boca? Pode ficar grande, pequena? Torcer, morder, esconder os lábios. Podemos cantar com a boca grande... e pequena? Gritar com a boca grande que vai ficando cada vez menor. O que temos dentro da boca? Os dentes: fazer ruídos. A língua: movimentar. Tarefa: experimentar sal, açúcar e limão, depois um chazinho em conjunto (deixe o papo rolar).
c. O olfato: O nariz (é duro ou mole?).Podemos movê-lo. Conhecer diferentes cheiros (levar temperos para a aula: coentro, pimenta, açúcar de baunilha, orégano). d. A audição: mexer as orelhas. Em que as orelhas se parecem com o nariz? Podemos brincar com elas? Dobrar e esticar. Tarefa: deitar no chão com a sala escura e ouvir os sons do ambiente externo, depois comentar.
Obs. O tato está presente em quase todos os exercícios, inclusive já foi muito utilizado na aula das mãos. Improvisação: transformar um texto (preferencialmente poesia) em cena teatral. Na poesia fica fácil reconhecer os órgãos dos sentidos e as sensações com mais intensidade.
5a aula: As pernas e os pés
a. Sentados no chão: procurar partes duras e moles, brincar de amassar as pernas, abaixar, levantar, chutar, fazer nós, engatinhar, fazer pontes...
b. De pé ou deitados: correr, saltar, caminhar, para frente para trás...
c. Com música, testar deslocamentos do neutro para o personagem e para a intenção (de pé, sentados, ajoelhados, deitados).
d. Os pés: observar dedos, unhas, calcanhar, onde é duro, mole, úmido...o que há de igual e diferente da mão? Tarefas: aplaudir com os pés, ficar na ponta dos pés, caminhar nos calcanhares, nas beiradas; os pés podem acariciar; escrever e desenhar com os pés. Improvisação: Criar uma cena em que apareçam só pés e pernas (usando um pano como cortina de palco para cima).
Lido 30427 vezes Última modificação em Domingo, 14 Agosto 2016 13:17
Compartilhar
Give your website a premium touchup with these free WordPress themes using responsive design, seo friendly designs www.bigtheme.net/wordpress